google-site-verification: google60fdfd5c6d377c7e.html

6 de agosto de 2011

Publicidade Brasileira | Porque estamos ficando mais PB

Antes de expor MINHA opinião, quero dizer que é fundamental que exista um mecanismo que controle o que é feito na publicidade Brasileira, afinal en nosso meio nem tudo são flores. Mas o que me chamou a atenção mesmo foi o fato do comercial da Nissa - Pôneis Malditos, criação da Lew’LaraTBWA.


Em menos de uma semana o filme de 30' já era Trending Topic no twitter Brasil e na gringa, além de ter tido mais de 2 milhões de views no Youtube em um fim de semana.


Veja o filme abaixo






Mas isso é o esperado em uma comunicação diferente e que de certa forma liga algo lúdico a cituações da vida real. Já o que não era tão esperado assim, embora seja uma bela cutucada na concorrência foram cerca de 30 queixas de consumidores que estão insatisfeitos com a associação do termo “maldito” a pôneis, um “símbolo do universo infantil”, considerado por eles como “desrespeitoso”. O Conar esta julgando o caso.

Mas é claro né gente, é extremamente desrespeitoso o fato de você ter pôneis tão 'lindinhos' sendo tratados assim, o que não é desrespeitoso é o fato de peitos e bundas acertarem as crianças na sala de sua casa quando estão vendendo cerveja, políticos queimando nosso dinheiro em horários políticos interminaveis e SIM, não são gratuitos, você, eu e todos pagam, por todos aqueles minutos em todos os canais, isso sim é que pode né Brasil?

Está cada vez mais difícil fazer coisas diferentes sem que ninguém de queixa, se o comercial sai da monocromia  PB dos pixels que piscam em seus televisores pronto, ele vai ser barrado. A Publicidade Brasileira está tão tendenciada a só PODER fazer mais do mesmo, tudo que é diferente gera oposição, na boa, tudo tem limite, as vezes a relação de ação e reação na Publicidade nacional muito me lembra aquele filme "As bruxas de salem" ou " O nevoeivo".

Vamos aguardar cenas dos próximos episódios e ver o que acontece, será que até as associações de criadores de Pôneis vai se quixar da baixa das vendas de seus animais após esse comercial?

Nenhum comentário: